quarta-feira, 1 de julho de 2015

Review - Gamo Black Fusion IGT Mach 1




Filosofia de Uso
- Tiro recreativo
- Treino

Calibre - 5,5 mm / .22





Dimensões e peso
- Comprimento Total -  110 cm
- Comprimento Cano -   17,3 ’’
- Peso - 2,7 kg

Gatilho
- 2 tempos SAT
- Relativamente leve
- Pouco sensível
- 3, numa escala de 1 a 5

Miras
- Fáceis de aquirir
- Frágil construção
- 4, numa escala de 1 a 5

Qualidade de construção - 4, numa escala de 1 a 5




Ergonomia - 5, numa escala de 1 a 5

Facilidade de utilização
- O cano bascula livremente
- A segurança não ativa automaticamente
- Muito leve
- 5, numa escala de 1 a 5

Durabilidade - 5, numa escala de 1 a 5

Valor - 4, numa escala de 1 a 5
Design  - 5, numa escala de 1 a 5

Energia
- Sistema IGT (Inert Gas Technology)
- Velocidade média (5 tiros), com chumbos Gamo Match - 237,8 m/s (após modificação)
- Joules Calculados com chumbo Gamo Match - 28,3 J (Após modificação)
- Perfura 24 placas de cartão canelado contra apenas 18 da Cometa Fenix 400, com chumbo Gamo     Match
- 4, numa escala de 1 a 5

Classificação final - 4, numa escala de 1 a 5

Concorrência
- Cometa Fenix 400 Galaxy
- Norica Spider GRS






Olá a todos e bem vindos à minha review da Gamo Black Fusion IGT Mach 1. Esta arma pode ser adquirida em Portugal de forma livre por maiores de 18 anos. É uma carabina de ar comprimido destinada ao tiro de recreio.

A principal preocupação de quem manuseia armas deve ser a segurança, portanto, vamos certificar-nos que a arma se encontra em segurança. Vamos bascular o cano, verificar que não se encontra nenhum chumbo na câmara e que o sistema de disparo  não se encontra armado.

Agora que já sabemos que a arma se encontra em segurança, vamos falar um pouco mais das suas caracteristicas:






A Gamo Black Fusion IGT Mach 1 é uma carabina de ar comprimido, de cano basculante, de calibre .22 da Gamo. Esta carabina usa o novo sistema IGT (Inert Gas Technology), que subsitui a tradicional mola por um sistema de gás inerte. Este sistema IGT tem como vantagens não perder potência com a utilização, ter menor variação de energia de um disparo para outro, e produzir menor vibração no momento do disparo. Na caixa apenas vem a carabina, sem quaisquer acessórios.

Esta arma pesa 2,7 kg descarregada, mede 110 cm de comprimento total e tem um cano de 17,3 polegadas. Destes números, o que importa reter é que se trata de uma carabina muito leve, ergonómica e fácil de usar.

As miras, de fibra ótica são fáceis de usar e rápidas a adquirir. Têm um aspeto frágil, mas até ao momento não me deram quaisquer problemas e cumprem a sua função na perfeição. Classifico-as com 4 numa escala de 1 a 5.






O gatilho com o sistema SAT (Smooth Action Trigger) é decente, mas está longe de ser um gatilho de competição. Acho-o algo “esponjoso” e pesado. Apesar disto é muito melhor que o da Norica Mod. 61 ou o da Norica Spider GRS. Claro que se o atirador fizer o seu trabalho, consegue resultados muito bons. Classifico-o com 3 numa escala de 1 a 5.







Em relação à ergonomia classifico-a com 5 numa escala de 1 a 5. Não tenho nada de mau a referir. Quero realçar 2 pontos positivos que tornam a utilização desta arma muito agradável. O primeiro é o facto de o cano bascular livremente ao fechar, coisa que deveria acontecer em todas as armas de cano basculante mas, que em alguns casos (Cometa Fenix 400 e Slavia 631) não acontece. Ao fechar o cano nestas armas, temos que fazer força para contrariar o mecanismo. Outro ponto positivo é o facto de a segurança não se ativar automaticamente quando se arma o mecanismo. Isto ajuda a que não se percam tiros porque nos esquecemos de desativar a segurança. O único ponto negativo que aponto a esta arma é o facto de não ser possível desarmá-la sem a disparar. Na maior parte das armas de pressão, é possível, com o cano basculado, premir o gatilho enquanto se segura o cano, deixando a mola descomprimir lentamente até ficar em repouso, sem produzir o disparo.

Quanto à precisão, sabendo que consigo cortar uma carta de jogar a 8,5 m com ela, não posso dizer nada que seja desfavorável.

Em relação ao design, acho-o bastante apelativo. Gosto bastante da qualidade do material de que é feita a coronha. Gosto também do revestimento plástico do cano que o torna resistente à ferrugem.






O mecanismo de redução de ruído é bastante eficaz mas, devido à sua grande potência ainda produz bastante ruído. Os disparos em interior produzem também demasiado ruído na minha opinião.

A velocidade dos disparos revelou-se uma verdadeira desilusão. Com chumbos Gamo Match conseguia cerca de 210 m/s, muito abaixo dos 230 anunciados pela Gamo. Entrei em contacto com a Gamo através do Facebook e expus a situação, mostrando os dados de velocidade que tinha medido. Disseram-me, passados 2 dias, para entrar em contacto com o armeiro a quem tinha comprado a carabina para a enviar para reparação.






Ao falar com o armeiro, este disse-me que se tratava de um problema conhecido. Basicamente o modelo de calibre 5,5 mm é exatamente igual ao de 4,5 mm com exceção do cano. Isto que dizer que o orifício à saída da câmara de compressão é demasiado pequeno para o calibre 5,5 mm, daí a baixa velocidade. O armeiro propôs-me alargar o orifício em 1 mm, evitando ter que enviar a carabina para Espanha e ficar mais de um mês à espera. Apesar de perder a garantia concordei. Este orifício ficou com 3,75 mm de diâmetro após esta modificação.

Depois de efetuada a modificação sugerida pelo armeiro, a Black Fusion passou a fazer 237 m/s com chumbos Gamo Match, o que se traduz em 28,3 J de energia. Os valores de velocidade e energia da tabela abaixo correspondem à média de 5 tiros para cada um dos chumbos. Todos os valores apresentados foram medidos antes da modificação, excepto as duas primeiras linhas da tabela.

Arma
Chumbo (5,5 mm)
Peso (gr)
Velocidade (m/s)
Energia (J)
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
Cometa (JSB) Exact Jumbo RS
13,43
235,5
24,1
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
Gamo Match
15,43
237,8
28,3
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
Gamo Pro Hunter
15,43
206,7
21,4
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
Gamo Rocket
14,50
205,8
19,9
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
H & N RABBIT MAGNUM II
27,01
115,1
11,6
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
H&N Field Target Trophy
14,66
207,5
20,5
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
H&N Silver Point
17,13
184,4
18,9
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
JSB EXACT JUMBO HEAVY ORIGINAL
18,13
183,7
19,8
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
JSB EXACT JUMBO ORIGINAL
15,89
199,1
20,4
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
JSB EXACT MONSTER ORIGINAL
25,39
137,5
15,6
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
SKENCO ULTRAMAG
18,20
185,9
20,4


Classificação final, 4 numa escala de 1 a 5. Acho que é uma excelente arma, muito equilibrada na sua relação qualidade / preço. É uma arma muito fácil de usar, bonita, divertida, prática e ergonómica. Tem potência mais que suficiente para a maior parte das utilizações para que foi desenhada. Com o auxilio de uma mira telescópica permite fazer tiro a grandes distâncias. Só é pena ter que ser modificada para aproveitar toda a sua potência.






Aproveito para deixar uma nota de louvor à Gamo, por ter assumido a responsabilidade pela fraca potência da arma.

Atualização 22-04-2016
Levámos a cabo uma série de testes de precisão com vários tipos de chumbos, na posição de bench rest à distância de 8,5 m. Os grupos, de 5 disparos cada, foram medidos de extremo a extremo e não a partir do centro dos disparos mais afastados. Este método foi o escolhido por ser menos subjetivo. Todos os disparos foram efetuados usando uma mira telescópica Hawke Panorama 3-9x40 AO IR, na ampliação máxima, de 9x, com anéis de montagem BKL altos. Publico também os resultados de outras armas de pistão de gás inerte, para comparação:


Tamanho dos grupos a 8,5m, em cm

Arma

Munição
Cometa Fenix 400 GPS
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
Gamo Whisper IGT
Norica Spider GRS
Média por munição
Cometa (JSB) Exact Jumbo RS
1,1
1,6
1,3
3,1
1,78
Gamo Match
1,2
1,9
1,2
2,4
1,68
Gamo PBA BULLET
1,8
2,6
1,4
1,9
1,93
Gamo Pro Hunter
0,9
2,7
1,1
2,2
1,73
Gamo Rocket
0,9
1,5
1,4
2
1,45
H & N RABBIT MAGNUM II
3,3
3,4
3,6
3,4
3,43
H&N Barracuda Match
1,3
2,2
1,2
2,5
1,8
H&N Field Target Trophy
1,2
1,5
0,9
2,4
1,5
H&N Silver Point
1,5
1,6
1,1
1,9
1,53
H&N Sniper Light
1
3,3
1,2
1,1
1,65
JSB EXACT JUMBO HEAVY ORIGINAL
1,3
1
1
1,5
1,2
JSB EXACT JUMBO ORIGINAL
1,2
1,7
1
2
1,48
JSB EXACT MONSTER ORIGINAL
1,4
1,6
1,6
1,9
1,63
Norica Match
1,3
2,3
1,6
2,7
1,98
Skenco Newboy Senior
2,5
3,3
3,5
2,1
2,85
SKENCO ULTRAMAG
1,3
1,9
1,2
1,6
1,5
Média por arma
1,45
2,13
1,52
2,17



Ao olhar para os grupos conseguidos com esta Black Fusion, tenho que admitir que fiquei bastante desapontado com os resultados. Esperava resultados semelhantes aos da Gamo Whisper IGT que tem o gatilho e sistema de propulsão semelhantes mas a black fusion ficou bastante atrás da sua irmã. Na minha opinião, esta diferença na precisão deve-se unicamente ao recuo monstruoso que a Black Fusion produz no momento do disparo. Este coice é, inclusive, superior ao da Norica Spider GRS que é mais potente que esta Gamo.




Esta arma sempre teve um recuo muito acentuado mesmo antes do alargamento do orifício de saída da câmara de compressão. Esta alteração não aumentou o recuo sentido no momento do disparo nem teve outros efeitos secundários negativos. A modificação efetuada traduziu-se apenas num aumento de velocidade de 207 m/s antes da modificação para 237 m/s depois de alargado o orifício.

Os interessados podem ver as fotos de todos os alvos do teste aqui.

Tenho também que referir que não sou um atirador de bench rest (BR) experiente e que, as armas testadas são capazes de grupos de dimensões inferiores. Para provar isto mesmo, publico também o tamanho dos grupos de 5 tiros feitos na posição de pé com a mira nos 3 e nos 9 aumentos:


Arma
Munição
Posição
Tamanho do grupo em cm
Cometa Fenix 400 GPS
Gamo Match
Pé – 3x
1,5
Cometa Fenix 400 GPS
Gamo Match
Pé – 9x
1,2
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
Gamo Match
Pé – 3x
2
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
Gamo Match
Pé – 9x
2
Gamo Black Fusion IGT Mach 1
Gamo Match
Pé – Mira aberta
2,1
Gamo Whisper IGT
Gamo Match
Pé – 3x
1,2
Gamo Whisper IGT
Gamo Match
Pé – 9x
1,4
Norica Spider GRS
Gamo Match
Pé – 3x
2,7
Norica Spider GRS
Gamo Match
Pé – 9x
1,6
Norica Spider GRS
Gamo Match
Pé – Mira aberta
2,4


Apesar de ser um mau atirador de BR, considero os resultados apresentados como uma boa amostra daquilo que um atirador iniciado ou intermédio irá obter com esta arma. Por outro lado, os resultados obtidos demonstram o óbvio, ou seja, que esta é apenas uma carabina de recreio, potente, desenhada para tiros informais a distâncias relativamente curtas e não um instrumento de precisão desenhado para bench rest.


Espero que tenham gostado desta review. Se gostaram, partilhem-na nas vossas redes sociais e cliquem no botão gosto.

E lembrem-se, não se deixem apanhar!